O maior entre os maiores; Messi conquista pela sexta vez a  Bola de Ouro

O ET está novamente no topo, de onde jamais deveria ter saído. Em premiação realizada pela France Football, na segunda-feira (2), em Paris, Messi conquistou pela sexta vez a Bola de Ouro. O prêmio, que foi unificado pela Fifa entre 2010 e 2015, volta a coroar, após quatro temporadas, o camisa 10 do Barcelona. Em setembro desse ano, ele também venceu o The Best, promovido pela entidade máxima do futebol.

Com a conquista, o gênio argentino se isola como maior vencedor da história da premiação. Cristiano Ronaldo é o segundo com cinco troféus.

Com o feito, ele soma oito prêmios ao todo: seis Bolas de Ouro, quatro delas unificadas com a Fifa, e outros dois de Melhor Jogador do Mundo, concedidos apenas pela entidade máxima do futebol. Confira os anos:

  • 2009: Bola de Ouro (France Football) e Melhor do Mundo (Fifa)
  • 2010: Bola de Ouro (France Football + Fifa)
  • 2011: Bola de Ouro (France Football + Fifa)
  • 2012: Bola de Ouro (France Football + Fifa)
  • 2015: Bola de Ouro (France Football + Fifa)
  • 2019: Bola de Ouro (France Football) e The Best (Fifa)

Messi superou Van Dijk, Cristiano Ronaldo e Mané, que completaram o top-4 da premiação. Assim como no The Best, o português não compareceu a cerimônia, que ainda premiou Alisson como melhor goleiro e Mattihjs De Ligt como melhor jogador jovem.

Alison
Reprodução/ Christian Hartmann

O goleiro do Liverpool, inclusive, foi o único a representar o Brasil no top 10, na sétima colocação. Firmino foi o 17º, enquanto Marquinhos ocupou a 28ª posição.

Neymar, considerado o principal nome da Seleção Brasileira, sequer figurou no top 30, assim como o croata Modric, vencedor da última edição do prêmio, em 2018.

Veja a lista completa de 2019:

  • 1º: Messi (Argentina) – Barcelona

  • 2º: Van Dijk (Holanda) – Liverpool

  • 3º: Cristiano Ronaldo (Portugal) – Juventus

  • 4º: Mané (Senegal) – Liverpool

  • 5º: Incorreto (Egito) – Liverpool

  • 6º: Mbappé (França) – PSG

  • 7º: Alisson (Brasil) – Liverpool

  • 8º: Lewandowski (Polônia) – Bayern de Munique

  • 9º: Bernardo Silva (Portugal) – Manchester City

  • 10º: Mahrez (Argélia) – Manchester City

  • 11º: De Jong (Holanda) – Ajax/Barcelona

  • 12º: Sterling (Inglaterra) – Manchester City

  • 13º: Hazard (Bélgica) – Chelsea/Real Madrid

  • 14º: De Bruyne (Bélgica) – Manchester City

  • 15º: De Ligt (Holanda) – Ajax/Juventus

  • 16º: Agüero (Argentina) – Manchester City

  • 17º: Firmino (Brasil) – Liverpool

  • 18º: Griezmann (França) – Atlético de Madrid/ Barcelona

  • 19º: Alexander-Arnold (Inglaterra) – Liverpool

  • 20º: Aubameyang (Gabão) – Arsenal
    Dusan Tadic (Sérvia) – Ajax

  • 22º: Heung-min Son (Coreia do Sul) – Tottenham

  • 23º: Lloris (França) – Tottenham

  • 24º: Ter Stegen (Alemanha) – Barcelona
    Koulibaly (Senegal) – Napoli

  • 26º: Benzema (França) – Real Madrid
    Wijnaldum (Holanda) – Liverpool

  • 28º: Van de Beek (Holanda) – Ajax
    João Félix (Portugal) – Benfica/Atlético de Madrid
    Marquinhos (Brasil) – PSG

Tags: | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *